Pinda e Defesa Civil do Estado participam de ação contra dengue no centro da cidade

Pinda e Defesa Civil do Estado participam de ação contra dengue no centro da cidade

Pindamonhangaba realizou uma grande ação contra a dengue no centro da cidade, nesta sexta-feira (6). A iniciativa contou com membros de diversas secretarias da Prefeitura, principalmente da Saúde, com equipes do setor de controle de vetores, além da Defesa Civil da cidade e do Governo do Estado de São Paulo, Guarda Civil Metropolitana e agentes de trânsito.
A ação foi motivada pelo Decreto Municipal 6568/24, anunciado pelo prefeito Dr. Isael Domingues, na terça-feira (6), o qual declara situação de emergência e alerta epidemiológico no município devido ao elevado número de notificações dos serviços de saúde para quadros clínicos de dengue.
Somado ao decreto municipal, foi publicado no Diário Oficial do Estado, também em 6 de fevereiro de 2024, o Decreto 68.326, que institui o Centro de Operações de Emergências – COE contra as arboviroses urbanas. Por isso, a Defesa Civil do Estado entrou em contato com Pindamonhangaba oferecendo apoio nas ações locais contra o mosquito da dengue.
Este ano, por exemplo, Pindamonhangaba chegou a 2.502 casos. Como base de comparação, em 2023 foram 2.507 casos em todo o ano.
O serviço conjunto começou com panfletagem e orientações a pessoas que passavam pelo centro da cidade, inclusive com blitz de trânsito na região da Praça Monsenhor Marcondes.
Na sequência fizeram orientações no comércio e se dirigiram a um imóvel também na região central para instruções a uma moradora, procura por focos criadouros do mosquito e aplicação de inseticida.
Com auxílio do drone da Defesa Civil do Estado e da Defesa Civil de Pindamonhangaba, os agentes puderam analisar os locais com maior probabilidade de acumular água parada e servir como foco para proliferação do mosquito.
De acordo com tenente Maxwell de Souza, da Defesa Civil do Estado, “o órgão faz o monitoramento de todos os casos de dengue do Estado e Pindamonhangaba entrou em estado de epidemia, o que requer uma ação incisiva por parte do Poder Público. Com isso, estamos fazendo vistorias em espaços públicos e visitando as residências, realizando a nebulização com inseticida e orientação aos moradores. Também estamos distribuindo panfletos pela região central, para que as pessoas entendam a responsabilidade delas nesta guerra contra o mosquito da dengue. É importante que os moradores saibam que 80% dos focos do mosquito da dengue estão nas residências”.
O diretor da Defesa Civil de Pindamonhangaba, Michel Cassiano, agradeceu à Defesa Civil do Estado pelo apoio. “Agradecemos o suporte que tivemos da Defesa do Estado e estamos à disposição das equipes da Saúde de Pinda para trabalharmos de forma conjunta em todas as ações que visam a eliminação dos focos do mosquito da dengue”.
A secretária de Saúde, Silvia Mendes, que participou da ação, destacou os trabalhos da Prefeitura, “que incluem campanhas, orientação da população, bloqueio, nebulizações, além da limpeza de terrenos e imóveis”. Silvia também ressaltou que os agentes de controles de vetores de Pindamonhangaba vão trabalhar normalmente durante o carnaval, com enfoque nos bairros do Castolira e Andrade.
O vice-prefeito e secretário de Governo e Serviços Públicos, Ricardo Piorino, também participou da iniciativa e pediu a colaboração dos moradores. “É uma situação delicada em todo o Estado de São Paulo e em Pindamonhangaba não é diferente. Temos realizado todas as ações que estão a nosso alcance, mas ressaltamos mais uma vez a necessidade da colaboração dos moradores, para que evitem deixar água parada, para eliminarem os focos criadouros do mosquito e para abrirem suas residências para a visita dos nossos agentes. Só com a participação de todos é que poderemos obter sucesso no combate à dengue”, finalizou Piorino.

Ler 174 vezes
Entre para postar comentários
Go to top